Dany Bittencourt

Professor
Dany Bittencourt

Bailarina, Professora licenciada pelo Royal Academy of Dancing de Londres-ARD, Coreógrafa, Diretora Artística e de Ensaios da Cisne Negro Cia. de Dança e Docente do Estúdio de Ballet Cisne Negro.

Daniele Bittencourt Turzi, de nome artístico Dany Bittencourt, bailarina formada pela Royal Academy of Dancing de London-ARD e professora licenciada, há mais de 20 anos, pelo mesmo método de ensino. Tem em seu currículo aperfeiçoamento em balé clássico em Londres com Merly Park e Shirley Graham e em dança clássica e contemporânea no Canadá, permanecendo no Les Ballets Jazz de Montreal e no Le Grand Ballet Canadien.

Foi por 20 anos bailarina da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, apresentando-se por todo o Brasil e em países da África, além de Escócia, Espanha, Inglaterra, Estados Unidos, Argentina, Canadá, Uruguai, Alemanha, Paraguai, Chile. Atuou também como assistente de importantes coreógrafos e professores nacionais e internacionais, como Mark Baldwin (Inglaterra), Gigi Caciuleanu, Patrick Delcroix (França), Itizik Galili (Holanda), Victor Navarro (Espanha), Marc de Graef (Portugal), Boris Storokov (Rússia), Tíndaro Silvano e Rui Moreira (Brasil), entre outros.

Desde 1990 é Diretora Técnica e Artística, além de professora do Estúdio de Ballet Cisne Negro e, paralelamente a essa atividade, desde 1998, é Diretora Artística e de Ensaios da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, onde também atua como coreógrafa.

COREOGRAFIAS CRIADAS ESPECIALMENTE PARA A CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA

  • 2017 – Coreografou em parceria com Rui Moreira o espetáculo H.U.L.D.A, comemorativo dos 40 anos da Companhia. Este espetáculo tem a Direção Geral e Argumentos de Jorge Takla.
  • 2010 – BAOBÁ – Direção Geral. Teatral Roteiro e Argumento: José Possi Neto
  • 2009 – ABACADÁ, direção coreográfica. Música de André Mehmari e FORROLINS, com variações sinfônicas escritas por André Mehmari, sobre tema original de Cacá Malaquias (um frêvo típico), executadas pela Banda Mantiqueira e OSESP, para o repertório da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, estreado no Brasil – ESTRÉIA NACIONAL – em julho de 2009, no Teatro Municipal de São Paulo.
  • 2006 – Atmosferas, com música de André Mehmari e execução musical da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo;
  • 2005 – A Viagem de Quixote, com música da Fábio Cárdia – Uma versão contemporânea da obra de Cervantes.
  • 2003 – Anéis, com música de Adriana Calcanhotto, criada especialmente para a obra, foi o seu segundo trabalho para o repertório da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA e tem sido apresentado por todo o Brasil e exterior, com grande sucesso de público e da crítica especializada;
  • 2001 – Em Caso de…, com música de Tom Zé e Fábio Cardia, cuja estréia ocorreu no Joyce Theater em Nova York, com grande sucesso.

Assina, além da Direção de Ensaios, a Pesquisa e Remontagem de Balés Históricos e Citações do espetáculo Vem Dançar com música de Fábio Cardia, um dinâmico e alegre musical, didático, social, histórico e cultural, onde os bailarinos da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA contam, cantando e dançando, a história de dança através dos tempos, tendo como Mestre de Cerimônias o Rei Sol, Luiz XIV. Este espetáculo é apresentado em cima de um caminhão-palco, em praças públicas, escolas, pátios de empresas, principalmente nas regiões periféricas, onde a população tem pouco acesso à arte e à cultura.

COREOGRAFIAS COMO “COREÓGRAFA CONVIDADA”

  • 2016 – Coreografou para a turnê internacional do tenor italiano Andréa Bocelli, nas cidades de São Paulo e Curitiba, com participação de bailarinos da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA.
  • 2008 – Convidada pelo Ballet Nacional do Chileno para coreografar a obra denominada Forrolins, com variações sinfônicas escritas por André Mehmari, sobre tema original de Cacá Malaquias (um frêvo típico), executadas pela Banda Mantiqueira e OSESP, cuja estréia ocorrerá em setembro de 2008, em Santiago, Chile.
  • 2007 – Coreografou para o Balé da Cidade de Taubaté a obra Imagens Sonoras, com música do Trio Viralata;
  • 1999 – Convidada para coreografar para a ópera Don Giovanni, sob a direção cênica de Aidan Lagan e direção musical e regência do maestro Jamil Maluf.

FORMAÇÃO E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

  • Desde 2000 – Diretora Artística e de Ensaios da Cisne Negro Cia. de Dança e Coreógrafa e Assistente de Coreógrafos e professores convidados como como Mark Baldwin (Inglaterra), Gigi Caciuleanu, Patrick Delcroix (França), Itizik Galili (Holanda), Victor Navarro (Espanha), Marc de Graef (Portugal), entre outros.
  • Desde 1990 – Diretora Técnica e Artística e faz parte do corpo docente e artístico do Estúdio de Ballet Cisne Negro
  • De 1980 a 2000 – Bailarina da Cisne Negro Cia. de Dança, apresentando-se por todo o Brasil e por diversos países dos quatro continentes.
  • 1988 – Aprimoramento em técnica clássica e contemporânea no Les Ballets Jazz de Montreal e Le Grand Ballet Canadien.
  • 1982 – Aulas de aperfeiçoamento em balé clássico em Londres com Merly Park e Shirley Graham
  • 1981 – Formada pela Royal Academy of Dancing de London, no nível ADVANCED, partindo em seguida para aprendizagem, informação e outras técnicas, com professores especializados em áreas diversas, como dança contemporânea, jazz, entre outros. Professora licenciada pela Royal Academy de Londres ARD, há mais de 20 anos.

PRÊMIOS

  • 2007- Recebeu da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História em convênio com o Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Estado da Cultura, em sessão solene na Casa da Fazenda do Morumbi, o Certificado de Coreógrafa pelo reconhecimento dos trabalhos realizados pela Cisne Negro Cia. de Dança;
  • 2009 – Os espetáculos FORROLINS e ABACADÁ (coreografias Dany Bittencourt) da Cisne Negro Cia. de Dança foram eleitos como os melhores espetáculos de 2009, na eleição promovida pelo Guia da Folha Online, pela votação dos internautas;
  • 1982 – “Coreógrafa-Revelação” – APPD – ENDA (Associação Paulista dos Profissionais da Dança) com a coreografia “Cá de Dentro”.